terça-feira, 25 de junho de 2013

Obediência ao Profetas

Na Conferência Geral de Novembro de 2010, o Élder Claudio R. M. Costa relembrou alguns conselhos dados pelo Presidente Ezra Taft Benson em 1980, sobre obediência aos profetas.

O discurso "Quatorze Princípios Fundamentais para Seguir ao Profeta", traz importantes lembretes de como aumentar nossa fé, profundo amor e gratidão por um homem inspirado por Deus.


Uma idéia sería usar esses princípios em sua próxima Noite Familiar.

Primeiro: "O profeta é o único homem que fala pelo Senhor em tudo”


Segundo princípio: “O profeta vivo é mais importante para nós do que as obras-padrão”.

Terceiro princípio: “O profeta vivo é mais importante para nós do que um profeta morto
"


Quarto princípio: “O profeta nunca fará a Igreja se desviar”


Quinto princípio: “O profeta não precisa de nenhum treinamento específico ou de credenciais terrenas para falar sobre qualquer assunto ou agir quanto a qualquer questão, a qualquer momento” 


“Sexto: O profeta não precisa dizer ‘Assim diz o Senhor’ para nos dar uma escritura (…).


Sétimo: ‘O profeta nos diz o que precisamos saber, nem sempre o que queremos saber’


Oitavo princípio: “O profeta não se limita à razão humana. (…)


“Nono: O profeta pode receber revelação sobre qualquer assunto — temporal ou espiritual. (…)


Décimo: O profeta pode envolver-se em questões cívicas. (…)


Décimo primeiro: Os dois grupos de pessoas com maior dificuldade de seguir o profeta são os orgulhosos que são doutos e os orgulhosos que são ricos. (…)


Décimo segundo: O profeta não será necessariamente popular no mundo nem entre os que são do mundo. (…)


Décimo terceiro: O profeta e seus conselheiros constituem a Primeira Presidência — o quórum mais elevado da Igreja. (…)


Décimo quarto: O profeta e a presidência — o profeta vivo e a Primeira Presidência — siga-os e receba as bênçãos; rejeite-os e sofra”


Postar um comentário